novembro 30, 2012

Um Pouco Sobre o XML

A Metalinguagem de Marcação XML é bem simples de se aprender e com regrinhas que devem ser seguidas. Mas nada complicado. Como referência para aprendê-la podemos utilizar o W3schools já que o válido são suas recomendações. E também temos esse portal da Unicamp que entre seus mini cursos possui o de XML. Fora essas duas temos apostilas espalhadas pela internet e também cursos, como o de XML na Treinaweb.

O que devemos saber inicialmente é que o XML não faz nada, além de armazenar dados. Exatamente, já que é uma metalinguagem de marcação. Através de tags personalizadas, digamos assim, ou seja, o desenvolvedor quem define as tags. Diferente do HTML que já possui as suas tags pré-definidas.

E essa questão de definir as tags é que torna o XML uma metalinguagem de marcação e não uma linguagem de marcação como é o HTML.

O XML apenas descreve os dados e o que eles significam. Sendo criado apenas para estruturar, armazenar e enviar dados. Fazendo assim com que a troca de dados entre sistemas incompatíveis se torne possível. É como se abrisse um arquivo de um programa em outro, muito usado na opção de "importar" e "exportar" nos programas. Mas lógico, sempre seguindo um conjunto de regras do XML.

Nenhum comentário:

Postar um comentário